Bolsas de Estudo para o Ensino Superior

Candidatura a Bolsas de Estudo - Ano Letivo de 2016/2017

A candidatura a bolsas de estudo para o ano letivo de 2016/2017 pode ser apresentada entre o dia 25 de junho de 2015 e o dia 30 de setembro de 2016.

A candidatura pode ainda ser submetida fora deste prazo nos períodos e condições definidos no artigo 28.º do regulamento de atribuição de bolsas de estudo para estudantes do ensino superior, que poderá consultar aqui.

O processo de candidatura é feito através do portal da DGES - Direcção Geral do Ensino Superior.

Portal da DGES - Direcção Geral do Ensino Superior


Requerimentos de Bolsa de Estudo - Ano Letivo de 2014/2015

A informação disponibilizada abaixo é da responsabilidade da DGES - Direcção Geral do Ensino Superior

Mapa de Candidaturas 2014/2015 (Divulgação - Regulamento)
Atualização semanal disponibilizada pela DGES (ficheiros em Excel)

Mapa de Candidaturas - 16.03.2015


Bolsas de Estudo por Mérito a Estudantes do Ensino Superior
Relativas ao aproveitamento de 2011/2012

Na Escola Superior de Educação João de Deus, o processo de atribuição de bolsas de estudo por mérito processa-se de acordo com o disposto no Despacho n.º 13531/2009, de 9 de junho, e no Regulamento de Atribuição de Bolsas por Mérito da Escola Superior de Educação João de Deus.

Através do ofício n.º 01451, de 19 de dezembro de 2014, a Direção-Geral do Ensino Superior transmitiu que, de acordo com o artigo 8.º do referido Despacho, o número máximo de bolsas de estudo por mérito a atribuir à Escola Superior de Educação João de Deus, em relação ao aproveitamento escolar obtido no ano letivo de 2011/2012, seria de 2.

Da análise dos percursos académicos escolares dos estudantes inscritos em 2011/2012, e indo ao encontro do disposto nas alíneas a) e b) do artigo 5.º do Despacho n.º 13531/2009, de 9 de junho, determinou-se atribuir a bolsa de estudo dentro das seguintes condições:

Alunos que tivessem obtido aprovação em todas as unidades curriculares que integram o respetivo plano de estudos e em todos os ciclos de estudos ministrados na Escola.
Dentre estes os que se distinguiram com aproveitamento excecional e em que as médias das classificações das unidades curriculares não tivessem sido inferiores a “Muito Bom” (16 valores), prevalecendo a média mais elevada.
Em caso de igualdade, considerar a classificação da Unidade Curricular de Iniciação à Prática Pedagógica, como fator de desempate.

Após a seriação, e no cumprimento dos Regulamentos em vigor, a Escola Superior de Educação João de Deus selecionou como candidatos à Bolsa de Mérito as alunas, com as médias mais altas:

Ana Alexandra Domingues de Almeida, do Curso de Licenciatura em Educação Básica, com a média de 17,4.
Isa Alexandra Pires de Lacerda, do Curso de Licenciatura em Educação Básica, com a média de 17,1.