Curso de Educação Especial, Domínio de Intervenção Precoce na Infância
Acreditado com o n.º CCPFC/CFE-3029/15 (aguarda novo registo)
Área de formação: A76; grupo de recrutamento de Educação Especial: 910

(ver Portaria n.º 212/2009, de 23 de Fevereiro)

Duração: dois semestres

(o curso não se encontra disponível)

Destinatários
Educadores de Infância e Professores dos Ensinos Básico e Secundário; Psicólogos e Formadores na área de Educação Especial; Animadores Socioculturais; Mediadores Interculturais; Educadores Sociais; Técnicos de Centros Comunitários; Técnicos de Serviço Social.

Apresentação do Curso
O presente curso de formação especializada visa qualificar os destinatários para uma intervenção de qualidade junto de crianças, dos zero aos seis anos de idade, em risco grave de atraso de desenvolvimento, com alterações nas funções ou estruturas do corpo. A operacionalização do plano de estudos subordina-se aos princípios da interação ecológica, privilegiando-se a ação centrada na família, através da mobilização de equipas transdisciplinares e da implicação convergente dos recursos comunitários.

Objetivos Gerais
Qualificar para o exercício das funções de apoio, de acompanhamento e de integração sócio-educativa de crianças, dos zero aos seis anos de idade, com necessidades educativas especiais e respetivas famílias.
Promover a aquisição de saberes atitudinais, concetuais e operativos, no campo da intervenção precoce na infância, visando o desenvolvimento de práticas inovadoras em processos de intervenção em contextos familiares e escolares de referência das crianças.

Objetivos Específicos / Competências
Adquirir e aplicar conhecimentos nos domínios dos princípios e das práticas orientadoras da Intervenção Precoce na Infância;
Identificar necessidades educativas especiais, limitações físicas e desvantagens sociais no quadro do desenvolvimento social e educativo das crianças;
Aplicar técnicas de aconselhamento e de diferenciação pedagógica;
Apoiar ativamente a diversificação de estratégias e de métodos educativos, de forma a promover o desenvolvimento e a aprendizagem das crianças;
Proceder a adaptações dos programas de intervenção precoce decorrentes das necessidades educativas especiais diagnosticadas;
Desenvolver, como docente, programas em áreas específicas de desenvolvimento e de aprendizagem, para crianças portadoras de deficiências de baixa incidência, nomeadamente cegos, surdos ou multideficientes;
Incrementar o desenvolvimento das medidas previstas no DL n.º 3/2008, de 7 de janeiro e no DL n.º 281/2009, de 6 de outubro;
Organizar programas de educação parental e intervir em processos de envolvimento dos pais na educação precoce dos seus filhos;
Intervir na melhoria das condições e do ambiente educativo familiar e comunitário, numa perspetiva de qualidade e de inovação educativa;
Dinamizar a conceção e o desenvolvimento de projetos comunitários que respondam às características das famílias e crianças com problemas de desenvolvimento e mobilizem os recursos locais existentes;
Apoiar a formação contínua de professores, bem como os restantes profissionais que integram equipas de intervenção, numa perspetiva de cooperação, facilitadora da inclusão socioeducativa de crianças e famílias;
Proceder ao diagnóstico de necessidades educativas especiais das crianças, tendo como referenciais os padrões do desenvolvimento psicológico social correspondentes à idade cronológica das crianças em articulação com o desenvolvimento dos projetos educativos das instituições de apoio à infância;
Apoiar os órgãos executivos e de coordenação pedagógica das creches e jardins-de-infância; Apoiar docentes na conceção de projetos educativos adequados às realidades locais, aos interesses e capacidades das crianças e famílias.

Corpo Docente e Avaliação
O curso dispõe de um corpo docente dotado de um aprofundado conhecimento teórico e metodológico, associado a uma perspetiva de intervenção inovadora e a uma vasta experiência no terreno.
A avaliação do curso assume um caráter essencialmente formativo e contínuo, atendendo aos vários tipos de atividades realizadas e aos modos de trabalho desenvolvidos.
Cada unidade curricular é alvo de avaliação e de classificação específicas, sendo a Classificação Final do Curso traduzida na sua média aritmética.

Certificação
Os formandos que concluam o curso com aproveitamento, nos termos legais em vigor, caso o solicitem, poderão obter um dos seguintes documentos:
Certificado de pós graduação a detentores de licenciatura;
Certificado de Especialização a não licenciados.
Certificação de Formação Especializada em Educação Especial - Domínio de Intervenção Precoce na Infância (A76) para os formandos que tenham pelo menos 5 anos de serviço docente.

Duração do Curso
2 Semestres - 250 horas



Plano Curricular
Unidades Curriculares ECTS
Investigação em Educação
Educação de Infância: Diversidade e Inclusão
Desenvolvimento na Infância: Problemas e Intervenção
Neuroeducação e Intervenção Precoce
Mediação Estratégica em Contexto Familiar
Práticas Multidisciplinares em Equipa
Intervenção Precoce: Inovação e Boas Práticas
Trabalho de Projeto em Intervenção Precoce
5
5
8
6
6
6
6
10