Publicações da ESE João de Deus

Excelência, educação e desenvolvimento

capa Autor: Ruben de Freitas Cabral

Ano da Edição: 2001

PVP: 3,00€


"Vive como se fosses morrer amanhã, mas planeia como se fosses viver para sempre .Poderá parecer um pouco estranho começar uma reflexão sobre a excelência com este provérbio, tão habituados que estamos a falar dela como um produto acabado, definido, quantificado. Dizemos que uma nédia de dezoito é excelente, como o é um Ferrari, o Cristo de S.João da Cruz de Dali, o Bolero de Ravel, a voz de Pavarotti ou de Kiri te Kanawa,a Torre de Belém, o Sagres de velas enfunadas perseguindo as ondas. Poderá igualmente parecer estranho falar de vida e de morte num momento como este, em que celebramos o final alegre de uma campanha, a entrega do símbolo do sucesso conseguido, a chave, diríamos, que vos poderá abrir as portas de lugares há muito desejados.

Os paralelos, no entanto, são óbvios. Toda a vida é partida e é chegada. Todo o grito de bebé é simultâneamente o começo de uma vida e o fim de um processo biológico e afectivo. Toda a morte é simultâneamente fim de etapa e começo de outra. Fim e começo, partida e chegada, são assim quase que a mesma coisa, mas reflectem opções de vida bem diferentes. Há quem veja todos os começos como chegadas; há por outro lado, quem faça de todos os fins momentos de partida.

Que há-de ser, então, este momento para cada um de nós? Para as cabeças cheias de sol, sonho e juventude desse lado e para aquelas deste outro que já viram um número maior de sóis, que já sabem o que é viver um sonho e que se continuam a debater sobre o sentido da juventude?"